sábado, 21 de janeiro de 2012

Parte 2 - Um Dragão como Guardião

Em geral, os Dragões podem ser usados como guardiões de um lar, de um negócio ou do que se desejar proteger. Para isso, basta um ritual simples relacionado a animais de poder. Se você não conhece nenhum, faça o seguinte. Compre uma imagem de Dragão e numa Lua cheia, acenda o caldeirão ou uma vela vermelha e um incenso. Tenha diante de você um vasilhame de vidro ou cristal com água limpa e um cristal.

Faça suas orações para a abertura do ritual e diga:

Espíritos ancestrais, me axiliem neste momento.
Deem vida a este Dragão, cujo poder eu aumento.
Que nas águas da vida, ele possa mergulhar (mergulhar a imagem no recepiente de água).
Que ele possa no céu alto livre voar(passe o Dragão pelo inscenso).
Que ele perto de mim possa pousar(toque o cristal como Dragão)
Sempre que eu dele precisar.
E que ele possa me proteger, a mim e ao meu lar,
De todo inimigo visível ou invisível.
Que ele possa agora neste fogo sagrado despertar(passe-o na chama),
Tornando-se assim meu fiel protetor
E também meu inspirador.
Que a coragem e honradez
A justiça e a bondade
Sejam nossas companheiras em luz e graça.
Que assim seja, assim se faça.

Você sentirá a textura da estatueta mudar, aquecer ou parecer pele de lagarto.

Seu Dragão está disperto e deve ficar em um lugar elevado.

Lembre-se de que Dragões detestam ficar em locais muito baixos e não suportam ficar escondidos em gavetas ou caixas...

Boa Sorte!



(Fonte: por Eddie Van Feu para Almanaque Wicca 2012)

Um comentário:

†Mauricio Bresso† disse...

gostei muito ,mas queria saber como aprendeu esse ritual como sabe achar material de pesquisa é muito dificil